A nossa diligĂȘncia

Os adolescentes e crianças do MADEP-ACE exprimem-se sobre a sua vida e agem seguidamente para melhora-la. Como é que eles fazem ? Ai estão as instruçÔes !

ver

Em primeiro lugar, cada um OLHA o que se passa na sua vida diària : com os seus amigos, a escola, em familia etc. Fala-se em equipa e ouve-se também outros adolescentes ou crianças da equipa a contar o que vivem.

compreender

Se uma situação nos perturbar, discute-se em equipa e tenta-se COMPREENDE-LA melhor. Isso significa que se vai procurar o porquĂȘ (razĂ”es e causas) desta situação. Vamos tambĂ©m determinar se concorda-mos ou nĂŁo com o que estĂ  a acontecer.

agir

Todos juntos, em equipa, reflecte-se para encontrar soluçÔes para TRANSFORMAR a situação. Tenta-se tambĂ©m fazer participar na acção as outras pessoas ou camaradas em causa. AGINDO para construir um mundo melhor, vive-se e defende-se os valores (justiça, solidariedade, nĂŁo-violĂȘncia, respeito mĂștuo, amizade, etc.) que sĂŁo muito importantes no MADEP-ACE. TambĂ©m aprendemos muito come nĂłs mesmos : demos conta que um adolescente ou uma criança jĂĄ Ă© capaz de alterar efectivamente muitas coisas e que tem a coragem de o fazer.

valorizar

Somos ouvidos e incentivados nas equipas do MADEP-ACE. Tomamos consciĂȘncia que o que se diz tem VALOR, que a nossa vida e o nosso ser tĂȘm VALOR. A coragem ou a perseverança das quais fez-se utilidade para alterar uma situação tambĂ©m sĂŁo rencohecidas e valorizadas na equipa.

avaliar

As vezes é necessårio parar olhar o que se tem feito até agora. O acompanhador ajuda-nos AVALIAR o que foi empreendido. Tenta-se ver juntos se o objectivo fixado for atingido, se vamos na boa direcção e como as coisas avançaram.

festejar

Claro que também gostamos nos divertir no MADEP-ACE ! Festejar, é uma maneira de nos alegrarmos de tudo o que partihåmos e de tudo o que se viveu em equipa ou num cantão.

celebrar

CELEBRAR é um meio estreito com o aspecto cristão do MADEP-ACE. Pode-se celebrar de diferentes maneiras no Movimento: participando a uma eucaristia, animando-a, ou faze-la directamente em equipa com o acompanhador. A relaç ão entre o que se vive e a sua fé.